Atendimentos em domicílio

Atendimentos em domicílio

(11) 95680-8812

Atendimentos somente com hora marcarda

Claudeir Montrezol

Valéria Montrezol

Estamos próximo ao Metrô Carrão

quiropraxia@montrezolsaude.com.br

 

O QUIROPRAXISTA vai até você.

Seja no seu domicílio ou escritório vou até você!

Está esperando o quê ?
Entre em contato.

O Inverno e a Medicina Tradicional Chinesa

O inverno é a última das estações e a mais fria do ano. É o momento para receber, estar mais introspectivo e armazenar energia. É tempo de repousar e meditar. É um período que faz com que sintamos a necessidade de recolher-nos e interiorizar-nos, é tempo de recuperar as nossas forças, conservar nossa energia vital e cultivar nosso espírito. Como nos ensina a natureza, os ursos hibernam, as formigas estocam o alimento… e nós, como parte da natureza, e para manter a nossa saúde, devemos poupar o nosso organismo dos excessos para ter energia necessária para as próximas estações do ano.

Na MTC (Medicina Tradicional Chinesa), o rim é o órgão que representa o elemento água e o inverno, o ouvido é sua expressão. Outro órgão relacionado aos rins são os ossos. Por esta razão, podemos entender o fato dos adultos e crianças ter uma maior incidência de problemas de ouvido, dores e/ou infecções de ouvido, uma maior dificuldade de audição, ruídos no ouvido, mais dores de dentes, dores articulares e dores nas costas. A energia do rim está conectada, além dos próprios rins, com os órgãos sexuais e reprodutivos, causando mais frequentemente, no inverno, infecções urinárias e problemas de ordem sexual.

Os sentimentos predominantes no inverno são o medo e a insegurança, quando o meridiano do rim está em desequilíbrio, tornam estes sentimentos mais intensos e até mesmo fora de controle.

Para a MTC, a essência de nossa vida está armazenada nos rins, e o inverno é a melhor época para usar em nossa dieta, alimentos que contenham a essência da vida, como os grãos, as sementes, as raízes e as nozes. Para aqueles que apresentam algum desequilíbrio do “inverno”, o melhor tipo de alimento dependerá da deficiência de energia que o rim apresenta, os tipos de deficiência que encontramos:-

  1. Deficiência do Yin do Rim
    * significa a falta de fluídos que neutralizam o calor do corpo (Yang). Desta forma, o corpo fica muito aquecido no inverno, causando calores, suores noturnos, agitação e irritação. Os melhoress alimentos são: a cevada, vagem, feijão de corda, feijão preto, feijão manteiga (outros tipos de feijão), melancia, melão, frutas silvestres, gérmen de trigo, batata, algas, gergelim-preto, sardinha, ovos.
    Evite (para prevenir superaquecimento): café, álcool, tabaco, cravo, canela, gengibre e pimentas em geral.
  2. Deficiência do Yang do Rim
    * significa a falta do calor vital que aquece os fluídos corporais, causando intenso frio nas extremidades, aversão ao frio, libido reduzida e urina frequente. Os melhores alimentos são: cravo, erva-doce, anis, gengibre seco, canela, nozes, feijão preto, família da cebola (alho, cebolinha, alho-poró e cebola), quinoa, frango, truta, salmão.

    Evite: comidas e frutas refrescantes, alimentos crus e excesso de sal. Use algas com moderação.

    Procure cuidar de sua alimentação neste período. Os alimentos possuem propriedades medicinais e refrescantes. Utilizando os alimentos apropriados para cada estação do ano, muitos problemas e enfermidades podem ser evitados, além de fortalecer e preparar seu organismo para a próxima estação: a primavera, época das alergias!

 “Prevenir é melhor que remediar!”.

A QUIROPRAXIA aliada a Musculação

A quiropraxia pode ser aliada a musculação e é uma ótima alternativa para quer ter melhores resultados, otimizar a performance e ao mesmo tempo ganhar muito em saúde e qualidade de vida.

São inúmeros os benefícios que a quiropraxia pode trazer para quem pratica a musculação, durante o seu treino ou pós treino.

Experimente unir essas duas atividades e observe de perto os benefícios trazidos para a sua vida.

A HÉRNIA DE DISCO

A Quiropraxia é utilizada a muito tempo para tratar a hérnia de disco, de uma forma eficaz é possível combater e prevenir lesões, permite assim tratar a hérnia de disco sem que seja necessário a intervenção cirúrgica.

É possível eliminar os sintomas neurológico com irradiação para os membros, como o formigamento, adormecimento e fraqueza, a hérnia de disco por muitas vezes contrai a musculatura pelo processo inflamatório favorecendo o aparecimento de subluxações, encurtamento musculares, a Quiropraxia se torna uma excelente ferramenta que dispensa o uso de medicações e/ou intervenções cirúrgicas.

O disco intervertebral é basicamente uma cartilagem que permite a mobilidade da coluna além de garantir o amortecimento de impactos, permitindo que seja mais suscetível sofrer desgastes/lesões. É mais comum aparecer na região lombar devido a sobrecarga nessa região, mas hoje no ritmo da vida moderna tem aparecido casos de hérnias cervicais que estão surgindo devido ao uso de celulares e notebooks essas de início geram uma retificação da coluna e posteriormente o desgaste. Na região torácica são mais raras mas aparecem por traumas que podem causar o desgaste do disco.

A Quiropraxia é capaz de corrigir o alinhamento da coluna aliviar a pressão sobre os discos devolvendo o equilíbrio do corpo possibilitando ao paciente retomar as suas atividades sem dores.

O diagnóstico do Quiropraxista leva em conta diversos fatores, lembrando que somo diferentes, ou seja, cada caso é um caso que deve ser analisado e individualizado para cada paciente antes de se iniciar qualquer tratamento.

POSTURA RETA

E a pergunta que sempre está no ar é “Qual a postura adequada?” É na ideia de uma boa postura que algumas pessoas acabam comprometendo a própria coluna! O pensamento de que a coluna tem que ser reta é um erro, talvez incentivado por alguns professores de etiqueta e ballet. Naturalmente nossa coluna promove 3(três) curvas, não laterais, mas para frente e para trás. Essas curvas são chamadas de lordose cervical e lombar, e cifose torácica. Quando dentro de certos limites, elas são benéficas e indispensáveis! A má postura pode aumentar as curvas, como no caso das hiperlordoses e hipercifoses, como diminuí-las, tornando-as hipolordose e hipocifose. Todas essas alterações podem fazer mal à saúde. Mas a primeiro momento, o importante é saber que coluna reta não é sinônimo de boa postura! Nosso corpo forma essas curvas naturais para melhorar a distribuição de peso, evitando sobrecargas diretas, e promovendo melhores movimentos, além de auxiliar no equilíbrio da nossa postura bípede. Sem as lordeses e a cifose, os discos intervertebrais (aqueles que quando sofrem sobrecarga acabam gerando uma hérnia) têm que aguentar muito mais peso. Além disso, os ossos também receberiam mais impactos e degenerariam mais rapidamente e com maior risco de fraturas.

O Papel da quiropraxia

Quiropraxia melhora de forma eficaz a postura, retarda o processo de degeneração da coluna e maximiza o funcionamento do sistema nervoso através de técnicas manuais, chamadas de ajustes.

Má postura? Veja como resolver

Ao longo do dia a dia, realizamos diversas tarefas que podem prejudicar a saúde da nossa coluna. Durante a nossa rotina sequer prestamos atenção se estamos fazendo da maneira correta. Manter uma boa postura é questão de saúde e não de estética, visto que uma má postura pode afetar diretamente o funcionamento do seu corpo. Algumas coisas você pode acrescentar ou mudar na sua rotina para melhorar a postura no dia a dia e evitar as dores nas costas, até porque ninguém merece ficar sentindo dores, não é mesmo? Melhor cuidar da saúde da sua coluna o quanto antes para evitar que as dores apareçam. Para acabar com a má postura, coloque essas dicas em prática:
  • Ao se sentar, leve o quadril até o fundo da cadeira e apoie totalmente as costas no encosto da cadeira. Seus pés devem ficar apoiados no chão, as coxas na mesma linha do quadril e as costas retas. Evite cruzar as pernas, isso pode interromper a circulação sanguínea e causar inchaço. Caso vá sentar em um banco sem apoio, faça o mesmo processo e preste atenção para manter as costas reta. Caso você fique muito tempo sentado levante-se e vá dar uma caminhada, vá tomar um café ou pegar um pouco de água. Além de dar uma relaxada, você evita dores nas costas.
  • Ao pegar algum objeto que está no chão, dobre os joelhos ao agachar e mantenha a coluna reta, principalmente se for erguer objetos pesados. Flexione sempre os joelhos e não o tronco.
  • Ao dirigir, deixe as costas apoiadas contra o assento e a nuca no encosto para a cabeça. Ajuste o assento de forma que você toque os pedais sem maiores problemas e não tenha que se curvar para frente.
  • Ao ir dormir,deite de lado e coloque um travesseiro entre os joelhos, ele será responsável por auxiliar na redução da pressão exercida sobre a coluna lombar quando nos deitamos. Outra opção é dormir de barriga para cima com um travesseiro sob os joelhos para manter a coluna alinhada. Evite dormir de bruços, pois essa posição faz pressão na coluna, além de ficar desalinhada, uma vez que a sua cabeça está de lado.
  • Ao se levantar da cama, vire o corpo para um dos lados e coloque as pernas para fora como contrapeso. Use os braços como apoio e suba o tronco até ficar sentado. Só depois de realizar esse processo você deve levantar.
  • Ao ficar em pé,distribua o peso entre as duas pernas. Evite deixar o peso concentrado em apenas um lado. Caso você trabalhe de pé, ao ficar muito tempo parado, caminhe por alguns minutos.
A postura é fundamental na nossa saúde, ter uma má postura pode afetar diferentes partes do seu corpo e mesmo que não cause problemas imediatos, eles podem surgir a médio e longo prazo por meio de diversas doenças ou dores. Lembre-se: A nossa coluna vertebral é um bem muito precioso, é ela que dá sustentação ao nosso corpo. Ela tem o papel essencial no movimento de braços, pernas e na nossa locomoção, por isso é muito importante ter uma boa postura e a coluna alinhada, pois é ela que determina o bom funcionamento do nosso corpo como um todo. Mantenha a saúde da sua coluna em dia e você terá uma qualidade de vida muito melhor, evitando futuros problemas e deixando as dores nas costas de lado.

Dores após o treino

Na atividade física de alta intensidade, o corpo sente o efeito direto desse treino e estamos sujeitos as dores musculares: uma “dor imediata” que limita o movimento, pois o músculo está fadigado, fadiga essa causada pelo acúmulo de lactato nas fibras musculares, porém logo metabolizado pelo organismo. Outro tipo de dor ocorre após a sessão de treino. Essa dor é conhecida como Dor Muscular de Início Tardio – DMIT, ou simplesmente, “dor do dia seguinte”.

Durante a atividade física, os tecidos musculares sofrem micro-traumas, pequenas lesões nos músculos, e como resposta do organismo, é gerado um processo inflamatório proporcional à intensidade exercida e, como consequência as dores.

Como resposta fisiológica, os músculos reconstituem-se reparando os danos sofridos. Essa reconstrução torna-os mais fortes e maiores que antes (hipertrofia).

A vantagem de ser ajustado logo após o treino é que o estresse causado no seu corpo após um treino de alta intensidade logo será potencializado para relaxar e alinhar as vértebras da coluna vertebral, mantendo sua saúde e aumentando seu potencial para o próximo treino.

A QUIROPRAXIA ajuda a rápida recuperação após um treino forte ou uma lesão, assim não tornando um problema crônico dificultando e aumentando o tempo de recuperação. Quanto mais rápido realizado o tratamento, até mesmo de forma preventiva, mais rápido estará pronto para o próximo treino.

Como o ajuste quiroprático, boa alimentação e descanso são essenciais para a melhora e evolução dos treinos em qualquer esporte!

O que é quiropraxia ?

A quiropraxia (quiroprática – quiropatia) é uma ciência que se preocupa com o corpo e sua estrutura (sistema músculo-esquelético) e a função (fluxo de informação) comandada pelo sistema nervoso, procurando a preservação, manutenção e recuperação da saúde. A quiropraxia se utiliza das mãos para realizar todo o tratamento, por meio de manobras extremamente seguras (ajustes). O “ajuste” é a aplicação manual de uma força (passiva) com uma certa velocidade sobre uma superfície (articulação). Após o tratamento muitos dos pacientes acabam adotando a técnica como um hábito, com isso eles obtêm níveis de qualidade de vida muito melhores que vão desde aspectos do sono, controle do estresse. A quiropraxia pode se utilizar de procedimentos auxiliares procurando assim atingir o objetivo clínico incluindo calor, frio, complementação nutricional, exercícios terapêuticos acupuntura, magnetoterapia, psicoterapia. Resumindo a quiropraxia compreende ajustes (ajustes específicos ou globais) das articulações do corpo humano, manualmente de forma ativa ou passiva, com o objetivo de restaurar as funções (relações) articulares normais, restabelecendo a sua integridade neurológica influenciando os processos fisiológicos. O diagnóstico é feito de forma clínica através da palpação muscular e articular, testes especiais “quiropráticos”, utilizando também como fonte radiografias e quaisquer exames de imagem, importa aqui salientar que o quiropraxista é treinado para avaliar nestes exames aspectos mecânicos e posicionais das articulações diferentemente de um olhar profissional da medicina. A prática da quiropraxia não tem idade mínima ou máxima para se aproveitar os benefícios, a quiropraxia é segura.

9/01/2019 Republicado em 12/01/2020